terça-feira, 18 de maio de 2010

Depois

Depois de perceber o quanto as coisas pequenas aos olhos, as coisas simples que Deus põe em nossos caminhos são valiosas, resta ainda algum tempo para procurarmos a fortaleza que escondemos em nossas almas! A fortaleza que se constrói a cada virtude que adquirimos que planta o amor dentro de nós!
Depois de aliviar as angústias, de esgotar nossas cotas de egoísmo, e parar de reparar tanto nos erros alheios, ainda resta algum resquício de generosidade, resta ainda percebermos que a começar por nós mesmos o mundo ainda pode ter jeito, a mudança está em nós!
Depois de tanto sofrer por procurar amor nos outros, eu quis achar o amor em mim, pedi todos os dias incansavelmente para que eu pudesse preencher todo amor que em mim faltava! Pois por vezes eu dei o amor que já não tinha mais, doei e fiz empréstimo! E minha dívida me fez ficar sem amor em mim mesma!
Depois de tanto pedir eu resolvi olhar a minha volta, e ver o quanto eu já tinha e quanto tempo eu perdi pedindo, ao invés de enxergar o mundo e viver!
Eu tive medo de viver, tive medo de errar, medo de ficar só, e tive medo de arriscar!
Depois de tanto medo, de tanto pedir, de tanto dever, e de tanto amar em vão, eu descobri que o que eu tenho dentro de mim me completa, que o meu medo era pequeno demais perto de mim, o meu medo era porque eu pensava estar só, e amei sem declarar aqueles que não me amaram, porque não amei primeiro a mim, e pedi porque eu sabia lá no fundo que alguém iria me ouvir. Não pra me dar tudo que eu pedia, mas pra me mostrar que havia um caminho que eu rejeitei, um caminho que iria me levar aonde eu quisesse ir. Esse caminho estava em mim, só eu sabia.E tal qual um terapeuta Ele não resolveu nenhum dos grandes problemas que eu acreditava ter, apenas me mostrou o caminho!